PMDB tenta criminalizar mandato de Renato Cinco na Câmara

Na quinta-feira (22), dois assessores do vereador Renato Cinco, um deles funcionário da câmara municipal a 30 anos, foram revistados pela segurança da casa quando entravam em seu local de trabalho, apesar de estarem com suas identificações profissionais.

Em discurso no plenário, Cinco responsabilizou o Prefeito Eduardo Paes e sua bancada por essa tentativa de criminalização do seu mandato. Essa foi mais uma das provocações organizadas pelo PMDB durante o dia, que mobilizou pessoas para apoiar a atual composição da CPI dos Ônibus e confrontar os manifestantes e a imprensa presente. Entre os provocadores, estava a presidente da Juventude do PMDB, Jéssica Ohana, cujo grupo atacou equipes de comunicação da Rede Globo e do portal de notícias Terra.

Advertisements
This entry was posted in Uncategorized. Bookmark the permalink.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s