Renato Cinco denuncia truculência da Polícia Militar e silêncio da Imprensa sobre ato contra a privatização do Maracanã

Durante discurso, nesta terça-feira (30) o vereador Renato Cinco (PSOL) repudiou a ação violenta da polícia militar contra cerca de 600 pessoas que se manifestavam pacificamente em defesa do Estádio do Maracanã.
As agressões acontecerem no último sábado (27) durante a reinauguração do estádio. Policiais militares atacaram os manifestantes com cassetetes, bombas de efeito moral e gás de pimenta. Armas ditas não letais, mas que são usadas como instrumento de tortura.
Cinco destacou ainda o silêncio da grande mídia, que não mencionou a repressão violenta aos manifestantes e tampouco criticou a privatização do Estádio.
Pelas contas do próprio governo, em 35 anos de concessão do Maracanã nem 15% do valor dos investimentos realizados retornarão aos cofres do Estado. Para o vereador, o silêncio da imprensa favorece a política do atual governo de violentar os direitos das pessoas que realizam manifestações pacíficas. A repressão ficará cada vez pior até 2016.

Advertisements
Video | This entry was posted in Uncategorized. Bookmark the permalink.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s