Ato do 1º de maio relembra que o “Maraca e a cidade são dos trabalhadores”

Image

O Dia Internacional dos Trabalhadores foi comemorado na Praça Afonso Pena, na Tijuca, Zona Norte do Rio. A concentração foi animada pelo grupo de Teatro do Sindpetro (Sindicato dos Petroleiros).

Os militantes fizeram uma caminhada pacífica até o Estádio do Maracanã, acompanhados pelo Bloco “Nada deve Parecer Impossível de Mudar”.

No mundo inteiro, os trabalhadores lutam por melhores condições de vida e trabalho.  Enfrentam governos e patrões para terem o direito de viver em uma sociedade baseada na justiça, na liberdade e na igualdade.

A origem do 1º de maio como dia dos trabalhadores é a greve, ocorrida em 1886, em Chicago, pela redução da jornada de trabalho. Muita luta, repressão, injustiças e mortes marcaram essa data. Passados mais de 120 anos e um sem-fim de inovações tecnológicas que deveriam diminuir a nossa carga horária, continuamos trabalhando 8 ou mais horas por dia.

Na pauta de reivindicações estavam ainda: a luta pela reforma agrária; a exigência por uma agricultura sem agrotóxicos, a abertura da CPI da Internação Compulsória; a defesa da saúde e educação públicas e de qualidade; o fim do fator previdenciário; a anulação da reforma da previdência e a manutenção dos direitos garantidos pela CLT com o fim do Acordo Coletivo Especial;.

Advertisements
This entry was posted in Uncategorized. Bookmark the permalink.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s